Psicólogo / Psicanalista Clínico ABMP Nº 04909-09
SOBRE O PSICANALISTA
apresentação
ATENDIMENTO
faça o seu agendamento
CONTATO
fale conosco
Um diálogo sem palavras...
Se estou tão perturbadoramente feliz me calo, porque não me ocorre nada...

O diálogo amoroso é igualmente feito de silêncios.

Não somete o silêncio de um enquanto ouve o outro. Mas, também os silêncios em que ambos, continuam seu discurso...

São aqueles momentos, tão frequentes sobre tudo depois dos encontro sexual, em que felicidade e apaziguamento se fazem tão intensos a ponto de superarem as possibilidades da fala...

A paz se estabelece no não-dito, depois qualquer palavra representa um risco de ruptura na perfeição deste equilíbrio... 

Se estou tão perturbadoramente feliz me calo, porque não me ocorre nada, absolutamente nada que eu pudesse dizer...

A plenitude faz de mim um ser anterior a palavra, me remete a condição de bebê alimentado e enxuto, beatifico na satisfação de todos os seus desejos...

É porque conheço a essência do meu silêncio, ouço o silêncio da amada (o) o mesmo sentimento...

Pela primeira vez seu silêncio me tranquiliza como uma declaração de amor...

E nem me ocorre de perguntar: "O que é que você está pensando?"

 

Ronaldo de Mattos - Psicanalista Clinico

em 03/08/2012

Voltar

Principal / Pense comigo / Contato / Agenda online
www.ronaldodemattos.com - Todos os direitos reservados 2009 - 2013