Psicólogo / Psicanalista Clínico ABMP Nº 04909-09
SOBRE O PSICANALISTA
apresentação
ATENDIMENTO
faça o seu agendamento
CONTATO
fale conosco
As transformações de um relacionamento
As pessoas costumam acreditar que as relações devem ser sempre estáveis, sempre as mesmas, sem mudar nada. Mas não é bem assim...

As pessoas costumam acreditar que relações conjugais devem ser sempre estáveis, sempre as mesmas, sem mudar nada. Mas não é bem assim, tudo está em permanente movimento no mundo. E é melhor aceitar que as coisas estão se transformando a cada momento, do que querer segurar esse estado irreal de estabilidade.?

A relação amorosa também está sempre se transformando, ora respondendo a todos os estímulos que influenciam, ora passando naturalmente pelas diferentes etapas normais de seu desenvolvimento. No começo, há um período de encantamento, que se caracteriza pela presença forte e intensa da paixão.

Nessa fase, tudo é novo, desconhecido, tudo possui o doce sabor daquilo que é experimentado pela primeira vez, transcorrendo num clima marcado pela ilusão de estarem realizando suas fantasias e os seus desejos. Este romantismo, turva a visão de qualquer defeito, problema ou aspecto negativo que o parceiro possa ter, pois nada deve vir a perturbar esse clima ideal. Dizem que o amor é cego, mas seria melhor afirmar que ele produz uma cegueira temporária.

E, ao despertar deste topor, desse estado de sonhos, a realidade começa a emergir e a se impor, e assim como tudo aquilo que é mágico. Vão surgindo as falhas, os problemas pessoais de cada um, as desavenças, as discórdias. E é agora que os parceiros vão se conhecer como realmente são e passarão a estabelecer as regras e os valores da relação.

A primeira grande mudança irá acontecer. E o casal vai precisar de muita força para agüentar o impacto, agarrando-se fortemente no amor que sente e tentando encontrar e manter o equilíbrio emocional para poder enfrentar os contra-tempos que vão surgir. E assim aprender a lidar com estes estados, e ter em mente que essas situaões irão seguir muitas outras.

É importante que cada um dentro da relação aprenda a ter muita firmeza e energia para esses casos e a não se desequilibrar a harmonia do casal e com isso todas as experiências no crescimento pessoal e a dois, tornando a relação amadurecida.

 

Ronaldo de Mattos - Psicanalista Clínico

em 22/10/2009

Voltar

Principal / Pense comigo / Contato / Agenda online
www.ronaldodemattos.com - Todos os direitos reservados 2009 - 2013